Quinta-feira, 12 de Abril de 2007

O FAMOSO DIPLOMA

A redacção do Alfinete de Peito depois de assistir à Grandessíssima Entrevista ontem no canal Estatal, conduzida pelo Alberto Car%$#& (RTP1) e pela Flor do Pedroso (Antena 1), ficou com sérias dúvidas se os culpados de se ter levantado esta dita cabaça contra o nosso Primeiro seria culpa da blogosfera e dos média. Como tal, e recorrendo às nossas fontes, descobrimos o verdadeiro diploma, ei-lo (clicar na imagem para ver melhor)



"Quem teme as tempestades, acaba a rastejar" foi assim que Sócrates deu o remate para o dito golo, que a oposição bate o pé a dizer que foi fora de jogo! O mesmo garantiu ter a "couraça do homem político", que é mesmo que dizer que tem a "carapaça de uma tartaruga de bermudas".

Apresentou todos os recibos....fica a dúvida se conseguiu convencer o seu eleitorado! Se ambiciona ser Primeiro-Ministro deste País à beira mar plantado, não se esqueça de guardar todos os recibos da sua vida académica e sentimental!

Pensamento do Dia: Primeiro foi a polémica que Sócrates era homossexual. Agora que não é licenciado! Questiona-mo-nos qual das polémicas é que os Portugueses mais gostaram, imagino os comentários..."Paneleiro tudo bem, agora bacharel! Xiii, isso é que não! É do mais baixo nível." Polémicas à parte as pessoas devem ser fundamentalmente avaliadas pelas suas competências, daí a dita meritocrácia que o Eng. tanto quer implementar na função pública. Como funcionário público exemplo, colocou licenciado como preferencial...à que seguir o exemplo. Para que não nos acusem de seguir bandeiras políticas. O Alfinete não é de esquerda, nem de direito, nem de centro, é sim e sempre será um blog do &$%#&%$!

Temos dito.
Ass: Grizo e Mercador.
sinto-me: Filosofo
música: Hellyeah - Hellyeah
pregado por Alfinete de Peito às 11:46

link da posta | Espeta um comentário | Junta-o aos melhores!
|
20 comentários:
De Nini a 12 de Abril de 2007 às 15:33
Por acaso vi a entrevista, nem sei se ele me convenceu, de qualquer modo acho o assunto sem relevância. Em Portugal tens se a mania de arranjar problemas onde não os há, qual a importância disso, quem votou não votou "Engenheiro José Socrates" mas sim "José Socrates". De qualquer modo ele tinha que se defender das acusações, mas tenho a certeza que há muitas mais coisas importantes para se tratar e investigar neste país. Relemebraram e bem a polemica sobre a sua homosexualidade, mais um exemplo de assunto sem interresse, temos que aprender a respeitar toda gente, até um político, não fazer julgamentos na praça pública e dar ser o benefício da dúvida. Não tenho orientação politica mas não por achar que algumas da sua decisões policitas não me agradar que vou julgar o homen ...pois esquecemos que os politicos afinal são pessoas como nós (mas trabalhando 1/3 do que trabalhamos e ganhando o triplo) mas enfim....
Peço desculpa por este comentário mais sério.....mas vocês mesmo a brincar consegue dizer grandes verdades
De Alfinete de Peito a 13 de Abril de 2007 às 11:31
Querida Nini,

Não sei se o assunto deixa assim tanto de ter relevância, visto que se se tratasse de qualquer outro funcionário público este seria demitido ou levaria com um processo disciplinar. Concordo sim, que o assunto foi ultra-explorado, ou não tivéssemos media!

Em relação às polémicas, eu acho que deixam de ser relevantes a partir do momento em que é feita uma boa organização e governação. Mas como se sabe a oposição tem sempre que tentar contrariar a força no poder e com isto não quero dizer que gosto da política do governo actual, porque como disse no post, não temos cor política!

Também creio que não votaram nele pelos seus dotes como engenheiro!

Quanto ao desabafo mais sério, estamos aqui para isso! É saudável e cria debate!

Beijinhos. Temos dito.
De Daniela a 12 de Abril de 2007 às 16:15
Clap clap clap clap!

e mai nada!
De Alfinete de Peito a 13 de Abril de 2007 às 11:03
Obrigado.

Beijinhos. Temos dito
De JoanaTorrado a 12 de Abril de 2007 às 16:17
Estive a ver a entrevista e confesso que me deixou muitas dúvidas. Qualquer pessoa que queira pedir transferência tem que obrigatoriamente entregar o comprovativo, mas o nosso Primeiro Ministro não precisa!!

Muito bom post!!
De Alfinete de Peito a 13 de Abril de 2007 às 11:23
Antes de mais, obrigado!

Se ele fosse um funcionário público comum provavelmente teria sido despedido ou com um processo disciplinar...creio que ele também não foi eleito pela sua capacidade enquanto enginheiro!

Beijinhos. Temos dito.
De gato_escaldado a 12 de Abril de 2007 às 18:29

Graças a Deus não sou "engenheiro"...

Abraços

De Alfinete de Peito a 13 de Abril de 2007 às 11:05
Ainda bem, senão tinha que te pedir para ver o diploma!

Abraço. Temos dito.
De No meu intimo a 12 de Abril de 2007 às 21:17
Nem que o primeiro ministro tivesse o 12ªano,é muito melhor a exercer a sua função que muitos engenheiros que até deixam cair as pontes... e ninguém os ouviu justificar-se!mas politiquices á parte...
Há coisas bem mais importantes,de que tratar. A mania dos doutores já irrita!
(só voltei á blogosfera um mes depois do vosso comentario!)
Aos alfinetes ,aconselho secalhar a visitar o café da manhã ,o meu outro blog....secalhar tem mais a ver com o espirito dos alfinetes!:)
De Alfinete de Peito a 13 de Abril de 2007 às 11:51
Bem-vinda de volta à Blogosfera!

Quanto ao PM eu sou totalmente a favor da meritocracia, se ele é bom profissional, deixá-lo estar! No entanto, qualquer político deveria ser responsabilizado pelas suas asneiradas!

Vamos checkar o "Café da Manhã"!

Beijinhos. Temos dito.
De Conguinho a 13 de Abril de 2007 às 01:08
Com muita pena minha não vi a entrevista. Gostava de ter visto para poder comentar. No entanto apenas gostava de colocar uma duvida. Na altura que ele pediu transferência ele já sabia que iria ser primeiro ministro?
Até porque e pode até ser ignorancia minha mas com bacharel aqui á uns anos e não são mais de meia duzia já se era Engenheiro. Agora não sei mas será isso importante?
Bem questões muito mais pertinentes como por exemplo o caso da OTA. Não se estará a desviar o trajeto????
De Conguinho a 13 de Abril de 2007 às 11:55
É claro que estou a falar dos média e da nossa população em geral.
Que reclamam reclamam mas no final nada fazem para que as coisas se alterem.
De Alfinete de Peito a 13 de Abril de 2007 às 12:04
Podemos fazê-lo da hora do voto...apesar de que as personagens para escolha são sempre miseráveis! Mas votar é um direito e um dever! Enfim, é pena é ainda não responsabilizarmos a classe política pelos seus erros!

Temos dito.
De Alfinete de Peito a 13 de Abril de 2007 às 12:02
Querida Conguinho,

Acho que ele não podia prever que seria primeiro-ministro, mas que efectivamente algo no meio desta história toda está mal contado!

O bacharelato em Engenharia Civil dava direito ao título de Engenheiro Técnico. Acho que as pessoas não votaram nele pelas suas competências enquanto Engenheiro, até tenho um feeling que uma boa parte dos seus eleitores não sabia qual a sua licenciatura.

O caso da OTA será retratado aqui no Alfinete...em breve! ;)

Beijinhos. Temos dito.
De reversivel a 13 de Abril de 2007 às 03:34
Gostei!

Beijo,

Lena
De Alfinete de Peito a 13 de Abril de 2007 às 11:24
Obrigado!

Beijinhos. Temos dito.
De suse a 13 de Abril de 2007 às 15:02
A verdade é que não tenho opiniã sobre isto. E nem me interessa.
A ver bem a questão, por muito que eu pense em tirar um Mestrado, terei de avaliar esta hipótese 30 vezes.
Primeiro, os Mestrados custam uma fortuna, e agora com o Acordo de Bolonha, os meninos já podem ser Mestres sem experiência profissional, o que me deixa intrigada sobre o próprio conceito de Mestrado;
Em segundo lugar, há variadíssimas empresas que recusam os seus candidatos por terem "habilitações a mais", o mesmo será dizer "não te quero pagar mais que o ordenado míninmo".

Por isso.... com curso ou sem curso, não me interessa. Só gostaria de ver reconhecido o mérito profissional das pessoas de vez em quando.

Gostei do post :)
De Alfinete de Peito a 13 de Abril de 2007 às 23:02
Obrigado.

Em primeiro lugar creio que a meritocrácia ainda vai levar muito tempo a ser implementada...ainda temos uma luz no fundo do túnel, mas estou como o cego, a ver vamos! É por estes e por outros motivos que perdemos as melhores "cabeças" para a emigração, pois há quem não se importe de pagar por eles e investir nas pessoas, em Portugal ops empregadores ainda não vêm as coisas assim!

Efectivamente o tratado de Bolonha veio baralhar as coisas, aguardo os próximos desenvolvimentos neste capítulo. Creio que as pessoas vão sair bastante mais verdes para o mercado de trabalho, vai ajudar na exploração!

Beijinhos. Temos dito.
De magali a 22 de Abril de 2007 às 21:46
Passei por aqui por mero acaso e não quero deixar de felicitar o "alfinete de peito" por conseguir gerir um blog tão dinâmico e divertido!
Faz falta algum bom senso neste país de "cromos"!!!
"Engenheiros há muitos, seu palerma",lollolol!!!.......
Um abraço!
De Alfinete de Peito a 23 de Abril de 2007 às 12:10
Ainda bem que gostaste do nosso blog! Espero que te tornes leitor!

Engenheiros ou Inginheiros?!??! :)

Abraço. Temos dito.

Espeta-o

Contacta o Alfinete

Mail: blogalfinetedepeito arroba sapo ponto pt
Msg: alfinetedepeito arroba gmail ponto com
RSS: RSS do alfinete

Google Reader or Homepage
Subscribe in NewsGator Online
Add to Technorati Favorites!
Get RSS Buttons
online

tags

todas as tags

Pesquisa no Alfinete

 

Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Achtung!

Todo e qualquer conteúdo deste blog é fictício, até os seus criadores.

Descubra os Alfinetes!

GRIZO
Delírios verborreicos e silêncios criativos. Adoro ver em ângulo morto e desmontar maratonas de 500 metros. Tenho dito.

MERCADOR
O meu passatempo favorito é fazer omoletas sem ovos. Adoro e ao mesmo tempo odeio pessoas. Gosto de olhar e ver e de pôr a minhoca de molho. Tenho dito.

TOBIAS
Diagnosticado, com pensamento abstracto, possuo também inteligência, humor e acima de tudo beleza (para compensar a ausência nos restantes). Tenho dito.

Amigos do Peito

Alfinetes no Palheiro