Terça-feira, 20 de Setembro de 2005

O SUPER-MACHO

O Alfinete de Peito assumindo-se como uma entidade formadora de opinião que se rege pela justiça e dissecação despudorada recorrente dos factos reais, deliberou desta feita, dar ênfase aquilo que nos move enquanto blog informativo, as pessoas.

Queremos dar a conhecer a história do único herói Português digno dos livros da Marvel, falamos claro do Super-Macho. Neste sentido, fomos entrevistar um outrora jovem algarvio (chamemos-lhe “Zézé” para não revelar a sua verdadeira identidade) de Portimão e contar aqui a sua enriquecedora história de vida condensando os factos mais valorosos.

Zézé abriu-nos as portas do seu ninho de amor e revelou-nos os factos mais relevantes da sua Autobiografia “Put the Cream” a lançar num futuro distante:

Gestação – O que a minha mãe julgava serem pontapés, era na verdade o meu super-torpedo, movido a papas Cerelac.

Legenda: Zéze no momento do nascimento

1 Mês – Sugava a teta da minha mãe com uma pujança digna de um bezerro.

1 Ano – Deitei a mão ao torpedo, enquanto a minha ama mudava-me a fralda.

3 Anos – Sujei a minha roupa interior com um fluxo mucoso, esbranquiçado e espesso. Havia deixado cair pasta de dentes nas cuecas.

5 anos – O meu primeiro Cunnilingus. Ela era um mulherão muito mais velha (tinha 8 anos), transformei-lhe o suco vaginal em claras de prazer. Fiquei conhecido como a Batedeira de Portimão.

7 anos – Dei por mim a ser acordado com umas lambidelas nas partes baixas, era a Sandra, a minha cadela.

10 Anos – “Deitar tarde e cedo erguer…” era o meu lema sempre que a Vanessa, a minha Ama, me vinha acordar.

15 Anos – Entrei para a agência de modelos “MILF Hunter”. Lancei a moda do Macho Latino, quando abri os primeiros botões da camisa e saltou à vista o brilho do meu colar de ouro no meio do matagal de pelos pretos e encaracolados. Isto sucedeu-se aquando de uma campanha publicitária para os berbequins Bosch na Suécia: “Bosch é brom”.

18 Anos – Atingi a maioridade. Juntei umas amigas e fizemos um grande jantarada no Restaurante Quebra Bilhas no Campo Grande.

22 Anos – Fui para a Cambridge School para aprender inglês, mas pouco aprendi. Inglês a sério aprendi sim na Praia da Rocha (tradução simultânea: Rock me, Bitch!). Nunca me esqueci do meu primeiro diálogo na língua de Shakespeare:


Zézé: “You are very white. Put the cream. Not the one, but the six”
Camone (em inglês “come on”): “Hã? What?”
Zézé: Chupa-mos baby!

25 Anos - Pus a casa às costas e fiz-me aos carris. Percorri a Europa de lés a lés num Interrail. Fiz um filho em cada paragem (6 países), assim tenho a minha velhice assegurada, porque da forma como isto anda o turismo para a 3ª idade vai por água abaixo. Fui eu o responsável pela criação da União Europeia. Desde esse Interrail realizei mais três, em 1973, 1981, 1986 para que se realizásse o alargamento da respectiva União.

42 Anos- Fui convidado pelos apóstolos da TVI para fazer um programa sobre a minha vida, intitulado “O Super-Macho Português”. Imortalizei determinadas frases, tornando-me então o ícone sexual da juventude portuguesa. Convidaram-me até para dar a cara por acções de benificiência, como o “Pirilau Mágico 98”.


48 Anos - Fui limpar as teias à Rainha Isabel II e fazer um update ao meu inglês. Agora a frase de ordem é: “Darling, you are so brown”.

50 Anos – Faço anúncios para os gelados Olá. É caso para dizer “Thank you very nice”. Finalmente aquele curso na Cambridge School de Portimão surtiu algum efeito. Já são six o’clock, acho que vou para a explanate.

Pensamento do Dia: I’ve got the magic stick, I’m the love doctor.

Temos dito.

Ass: Grizo, Kozmix, Mercador e Mestre.
pregado por Alfinete de Peito às 10:03

link da posta | Espeta um comentário | Junta-o aos melhores!
|
20 comentários:
De Antónimo a 20 de Setembro de 2005 às 11:47
Cool site property club (http://www.buyproperty4less.com)
De gato_escaldado a 20 de Setembro de 2005 às 15:17
Bem "desarrancado"! ainda bem que te ficaste pelos 50 anos ... rss

(aparece no "gato-na-paisagem"; a "água_quente gostaria...)

abraços
De Nanita a 20 de Setembro de 2005 às 16:34
Thank you very nice por este post hilariante!
De Ricardo a 20 de Setembro de 2005 às 19:56
lol... do melhor.... (só no nosso país para haver um cromo destes.... bem os outros países lá hão-de ter os deles) loladas...

Fantástico
De Dona do Café a 21 de Setembro de 2005 às 06:02
é caso pa dizer que vcs talkam pelos cotovils ...:P
q colectânea, mt bem :)
beijinhos e a dança que o herói faz no final do anúncio da olá... é qq coisa; pena não haver um video maior daquilo Lol
De Dilbert a 21 de Setembro de 2005 às 15:39
LOLOL... isto é como nos filmes :)
Abraço
De Maria a 21 de Setembro de 2005 às 16:07
Humor indiscutível...Criatividade qb, achei muito engraçado...
De mfc a 21 de Setembro de 2005 às 16:14
Que estupenda biografia aqui conseguida... agora só te falta o autógrafo do biografado, hein?
De Betty Branco Martins a 21 de Setembro de 2005 às 16:36
Este é o MAIOR CROMO DE TODOS OS TEMPOS. Ainda por cima dá uma imagem dos portugueses de GRANDES BIMBOS e ATRASADOS MENTAIS! E aparece esta "COISA" na televisão. quanto ao anúncio da OLÁ! As vendas deveriam cair tanto! Que tivessem que despedir toda a malta do Marketing, aqueles grandes
cérebros iluminados que tiveram esta brilhante ideia de meter esta triste figura!

Parabéns pelo vosso post, está o MÁXIMO!!!
De I&C a 21 de Setembro de 2005 às 17:34
aos 15 anos, “Bosch é bom”.esta frase publicitária do genial Alexandre O'Neill é uma provocação, das poucas que a censura deixou passar (penso que não terão percebido...)! Nas tertúlias de amigos , ele emendava-se e dizia: "Bosch é brom"!!!!

Espeta-o

Contacta o Alfinete

Mail: blogalfinetedepeito arroba sapo ponto pt
Msg: alfinetedepeito arroba gmail ponto com
RSS: RSS do alfinete

Google Reader or Homepage
Subscribe in NewsGator Online
Add to Technorati Favorites!
Get RSS Buttons
online

tags

todas as tags

Pesquisa no Alfinete

 

Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Achtung!

Todo e qualquer conteúdo deste blog é fictício, até os seus criadores.

Descubra os Alfinetes!

GRIZO
Delírios verborreicos e silêncios criativos. Adoro ver em ângulo morto e desmontar maratonas de 500 metros. Tenho dito.

MERCADOR
O meu passatempo favorito é fazer omoletas sem ovos. Adoro e ao mesmo tempo odeio pessoas. Gosto de olhar e ver e de pôr a minhoca de molho. Tenho dito.

TOBIAS
Diagnosticado, com pensamento abstracto, possuo também inteligência, humor e acima de tudo beleza (para compensar a ausência nos restantes). Tenho dito.

Amigos do Peito

Alfinetes no Palheiro