Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2006

O CRIME DO PADRE FUDERICO

Resumo do Filme:

Fuderico é um jovem padre, recém-chegado de Celorico da Beira, que vem para um bairro a fim de substituir o pároco, Francisco Monchique, que entretanto assumira ser gay e gostar de rabanadas.

É um bairro ameno, quentinho vá... ok, quente, por vezes muito quente. Tão quente que leva Amélia, trabalhadora no negócio das carnes, a se despir no confessionário. Fuderico, à medida que se vai integrando em Celorico, é confrontado com a descrença dos ateus, que por motivos vários se afastaram da igreja - quer devido às ostias se encontrarem fora de prazo, quer por a Igreja não ter ar-condicionado.

No decorrer da luta pelo ar-condicionado, Fuderico fuderica com Amélia, a tal das carnes, que irá fazê-lo questionar a sua vocação, originando um tortuoso conflito interior. O conflito entre o homem e os seus testículos.

Por um lado até já há ostias de camarão, mas por outro não se mostra capaz de resistir a uma boa pratada do Bacalhau de Amélia, acabando por se deixar escorregar constantemente para cima desta.

No entanto, o crime do Padre Fuderico, não reside nesta sua fraqueza por bacalhau, mas sim na forma reprovável e egoísta de o comer, não partilhando com os restantes paroquianos. E é em torno deste controverso fudericanço que gravitam outras pequenas histórias...

A Crítica, por Bento Décimo-Sexto:

O crime do Padre Fuderico não encerra em si mesmo uma quebra de valores, pois como é possível verificar, Fuderico achou que a ideia de fudericar Amélia, era de valor. Realmente poderia ser pior, ele podia ser gay, tal como o Padre que foi expulso. Aliás, esse momento do filme, retrata bem o preconceito da minha Igreja.

Se fosse um filme porno dava-lhe 5 estrelas, se fosse simplesmente erótico dava-lhe 4 estrelas, se fosse de hollywood dava-lhe 3 estrelas, se metesse a Soraia Chaves dava-lhe duas, como é Português dou-lhe apenas 1 estrela.

Factos Reais: O filme "O Crime do Padre Amaro", teve a melhor estreia de sempre com 53 mil espectadores em 25 salas, tornando-se no filme português mais visto de todos os tempos, com cerca de 363.000 espectadores. Este projecto nasceu e chegou às salas em apenas seis meses.

Pensamento do Dia: Curioso verificar que os dois filmes mais vistos da história do cinema português tenham como personagens principais padres e falem de desejos proibidos. Pecado e Voyeurismo são pelos visto um cocktail explosivo para o espectador português.

Temos dito.

Ass: Grizo e Mercador.

P.S. (Resultado do Quebra-Cabeças): O número correcto de triângulos que constam da imagem do post anterior é de 31. Parabéns portanto ao Tiago, do "Harmonia na Dissonância"! Obrigado pela tua participação! Bem como a todos os que participaram!

pregado por Alfinete de Peito às 00:29

link da posta | Espeta um comentário | Junta-o aos melhores!
|
30 comentários:
De Suse a 30 de Janeiro de 2006 às 15:07
Mais uma vez a inaugurar o marcador!! Vai Suse, segue em linha recto, faz um pivot, de seguida um salto e remataaaaaaaaaa!!! Golooooooooo!!!!

Por 1 não acertei.. :( que tristeza!Mas pronto, já agora ganhei o mais importante: a participação! (cof cof)

O Padre Fuderico até que é bem jeitoso, pelo menos no filme e devo dizer que gostei de todas as interpretações! Grandes surpresas no panorama nacional! :) Sim senhor!!

Pena é que na nova série da SIC que mais dá para terminar os nossos fds a chorar pelo seinfeld, faça uma interpretação tão fraca.. juntamente com os outros pobres actores.. ( não sabia que a Tété Guilhermina tb era atriz).

Adorei a conclusão final! Realmente o que o povo quer é voyerismo e F*da!

Kisses!
De Tiago a 30 de Janeiro de 2006 às 15:10
GANHEEEEEEEEEEEEI :D

Obrigadinho pela publicidade :P

:):):)
De Ana a 30 de Janeiro de 2006 às 16:27
Ah!, eu até gostei do Padre Amaro... Mas acho que a Sra Dª Soraia deve ser tão boa actriz que aparece sempre quase despida! Como diz um amigo meu: "Que ela é boa, lá isso é!":P
beijinhos
De Antónimo a 30 de Janeiro de 2006 às 16:48
São grandes! Tenho escrito!
Ah, eu também tenho uma história dum padre, aquele que se barricou na sacristia. Foi capa do Correio da Manhã e tudo. Se ainda não viram, têm de ver...
A Soraia Chaves anda a partir isto tudo! E diga-se de passagem que com o nojo que é a representação da grande maioria dos actores portugueses, pelo menos ainda se vê algo com qualidade.

P.S - Foda-se para a Word Verification, mais parece que estava a ofender o meu chefe em russo!

Abraços
Citro
De brun0.m@rkez a 30 de Janeiro de 2006 às 22:17
ainda não vi o filme, para já ando a estudar as personagens... :P

anda pra aí fudericanço até mais não! lol
De Betty Branco Martins a 30 de Janeiro de 2006 às 22:47
Parabéns, Grizo e Mercador

Vocês para criar/imaginar , estão mesmo para as curvas - Fudericar - fudericanço, bom! Só vocês mesmo!!!

Beijinhos

Boa semana
De ze_das_loas a 31 de Janeiro de 2006 às 14:48
Uns bons "sacristas" vocês me sairam. Sexo e religião sempre andaram lado a lado. Coitado do padre Fuderico, atão não pode dar uma dentadinha na maça?!...

De cinco estrelas, o post. Abraços
De viver em segredo a 31 de Janeiro de 2006 às 17:34
jvbem...eu fui ver quando estreou e tenho de admitir...gostei!!! :) vai-se lá saber porquê...talvez...como disse 'a outra'...temos padre...beijinhos a voces
De Estrela do mar a 31 de Janeiro de 2006 às 18:21
...ainda não vi...mas as óstias fora do prazo e a igreja não ter ar condicionado...estão demais...


Jinhossssss
De marco a 31 de Janeiro de 2006 às 21:20
eu ja vi o filme..mas nao foi no cinema..foi k7 pirata...mas deu pa ver a qualidade da soraia chaves

Espeta-o

Contacta o Alfinete

Mail: blogalfinetedepeito arroba sapo ponto pt
Msg: alfinetedepeito arroba gmail ponto com
RSS: RSS do alfinete

Google Reader or Homepage
Subscribe in NewsGator Online
Add to Technorati Favorites!
Get RSS Buttons
online

tags

todas as tags

Pesquisa no Alfinete

 

Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Achtung!

Todo e qualquer conteúdo deste blog é fictício, até os seus criadores.

Descubra os Alfinetes!

GRIZO
Delírios verborreicos e silêncios criativos. Adoro ver em ângulo morto e desmontar maratonas de 500 metros. Tenho dito.

MERCADOR
O meu passatempo favorito é fazer omoletas sem ovos. Adoro e ao mesmo tempo odeio pessoas. Gosto de olhar e ver e de pôr a minhoca de molho. Tenho dito.

TOBIAS
Diagnosticado, com pensamento abstracto, possuo também inteligência, humor e acima de tudo beleza (para compensar a ausência nos restantes). Tenho dito.

Amigos do Peito

Alfinetes no Palheiro