Sexta-feira, 6 de Janeiro de 2006

BRANCO MAIS BRANCO NÃO HÁ!

O Alfinete de Peito, após o êxito estrondoso do seu programa semanal de apenas uma edição “Panelas, Panelinhas e Paneleiros”, onde ensinámos a descongelar salários, foi novamente contactado pela "TV Cabo a Metro" para um novo projecto. Desta feita, o programa chamar-se-á “Ilícito é o Senhor Doutor” e explicará como fazer o branqueamento de capitais.

Na verdade é bastante fácil, bastando simplesmente que seja um pulha e esteja com vontade de fazer asneira, senão atente ao seguinte:

Ingredientes (Para apenas um anjinho):
- Um molho de armas ilegais;
- Dinheiro a gosto;
- Uma máquina de lavar, caso não tenha também serve um tanque de lavar tipo “clássico”;
- Uma embalagem de 24 doses de Tide, ou em alternativa um litro de lixívia para notas verdinhas;
- Duas chávenas de arroz malandro;
- Moradias e automóveis de luxo quanto baste.

Modo de Preparação:
Comece por vender as armas a um qualquer grupo terrorista. Não se esqueça que quanto mais pessoas “derem o badagaio”, mais saboroso será o “bolo” que lhe calhará a si. Com as notas provenientes do negócio, forre o tanque de lavar. Salteie o arroz malandro e junte o litro de lexívia. Preencha os espaços disponíveis entre as notas com este preparado e aguarde até concretizar a compra das moradias e dos automóveis. Venda assim que deseje e circule pela rua com aquele ar feliz de quem foi recentemente promovido.

Factos Reais: O branqueamento de capitais é uma actividade criminosa que sucede a uma outra (como por exemplo o tráfico de armas ou de droga), integrando o dinheiro proveniente destes crimes no circuito legal. Posteriormente são efectuadas uma série de transacções que vão dificultando cada vez mais a localização da origem do dinheiro, sendo este novamente introduzido em sistemas financeiros no final deste processo, dando a aparência de um montante lícito.

Legenda: No final não se esqueça de lavar bem as mãos e fazer ar de importante!

Pensamento do Dia: Corrupção existe em todo o mundo, estranho fenómeno (ou não!) do latino ser por base mais corrupto. Infelizmente muitas das pessoas ditas “benzocas” praticam este tipo de actos e nunca são apanhadas, porque o sistema de fiscalização e combate à corrupção é muito reduzido. Será que os organismos estatais já fizeram contas para saber quanto lucrariam se investissem nessa área? Novamente vivemos de compadrios e lobby’s e fechamos os olhos não querendo ver o que se passa à nossa volta.


Temos dito.
Ass: Grizo e Mercador

pregado por Alfinete de Peito às 00:08

link da posta | Espeta um comentário | Junta-o aos melhores!
|
15 comentários:
De Suse a 6 de Janeiro de 2006 às 16:37
Eheheh! Vou inaugurar este post com um comentário! Eu não me importava mesmo nada que um branquinho desses me viesse parar ao bolso! Dinheiro nunca é demais, e como não sou racista até pode ser de qualquer cor, preferindo o verde :p
Só um achego: no vosso menu lateral direito têm as letras a cinzento sobre fundo laranja que me fere a vista cada vez que olho para lá! E se pusessem a cor das letras a preto? :p
Kisses a todos!
De Raquel V. a 6 de Janeiro de 2006 às 18:01
Ou fecham-se os olhos para n se perder o emprego...
De brun0.m@rkez a 6 de Janeiro de 2006 às 18:46
felizmente nasci capaz de preferir ser honesto!!

;)
De Os 3 porquinhos a 7 de Janeiro de 2006 às 00:30
se os organismos estatais descecem à Terra e pensassem no quanto lucrariam com a legalização da prostituição e da droga provavelmente não viveriamos num país com tantas dificuldades. Se eles fecham os olhos porque não hei de eu fechar?...
não comento mais o blog porque akelas letrinhas lá no fundo pa confirmar não vão com nd

AS
De António A. Antunes a 8 de Janeiro de 2006 às 00:13
Pessoal estão prontos para vir conhecer o Antunes?
De Insolente a 8 de Janeiro de 2006 às 12:29
axo mal andarem aía dizer que os latinos sao corruptos e tal... vá mudem lá isso... quanto é que voces querem para mudar isso?? vá um numero?? quanto eu pago... quanto é que precisem que eu pague par que nao me chamem corrupto?? ora entao um grande bem haja
De maresia a 8 de Janeiro de 2006 às 12:51
Os meus olhos continuam com dificuldades em ler tanta cor, mas a minha Alma ri-se que nem uma perdida, que realmente é, cada vez que aqui vem!
De Su a 8 de Janeiro de 2006 às 14:35
ops aproveito para deixar aqui um pedido de "emprego"...quem quiser lavar uns eurozitos que me contacte
jocas maradas
De kabum a 8 de Janeiro de 2006 às 17:54
Bem dito
De Thiago Forrest Gump a 9 de Janeiro de 2006 às 01:04
O meu país é o segundo mais corrupto em todo o planeta! :(

Espeta-o

Contacta o Alfinete

Mail: blogalfinetedepeito arroba sapo ponto pt
Msg: alfinetedepeito arroba gmail ponto com
RSS: RSS do alfinete

Google Reader or Homepage
Subscribe in NewsGator Online
Add to Technorati Favorites!
Get RSS Buttons
online

tags

todas as tags

Pesquisa no Alfinete

 

Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Achtung!

Todo e qualquer conteúdo deste blog é fictício, até os seus criadores.

Descubra os Alfinetes!

GRIZO
Delírios verborreicos e silêncios criativos. Adoro ver em ângulo morto e desmontar maratonas de 500 metros. Tenho dito.

MERCADOR
O meu passatempo favorito é fazer omoletas sem ovos. Adoro e ao mesmo tempo odeio pessoas. Gosto de olhar e ver e de pôr a minhoca de molho. Tenho dito.

TOBIAS
Diagnosticado, com pensamento abstracto, possuo também inteligência, humor e acima de tudo beleza (para compensar a ausência nos restantes). Tenho dito.

Amigos do Peito

Alfinetes no Palheiro