Sábado, 10 de Fevereiro de 2007

ABORTO: TALVEZ SIM, NÃO TALVEZ!



Arsénio Malaquias, principal argumentista da telenovela Floriburra é o fundador do movimento mais decidido de toda a história dos referendos do aborto, o “Talvez Sim, Não Talvez”. Este movimento tem como fundamento a dúvida em si, tendo por base a famosa frase de Seikespirra “Abortar ou não abortar, eis a questão!”.

Arsénio aproveitou a influência que tem no público e idealizou um diálogo para o próximo episódio da Floriburra, que foi para o ar no último dia de campanha para o referendo do Aborto. Eis o dito cujo:

“Um mês depois de uma escaldante noite de Sado Masoquismo com direito a correntes e tudo, eis o dilema:

Flor: Senhoure Fuderico, estou prenha!
Fuderico: Prenha! Tas, mas é parva!
Flor: Não! Vou parir um bezerrinho seu!
Fuderico: Parir!! Nem pensar, queres estragar a minha linhagem de descolorados com ar gay! Vais abortar!
Flor: Mas Senhoure Fuderico, é um rebento seu!
Fuderico: Então....deixa-me cá ver...não vais abortar!
Flor: Estou tão contente que não caibo em mim de felicidade.
Fuderico: Não cabes em ti?!? Então é porque vais ficar gorda! Toca a abortar!!!
Flor: Senhoure Fuderico, vou chorar!
Fuderico: Vai Abortar! Não, não vás! Estou confuso!!! Vai pedir à àrvore, quer dizer, à porra da tua mãe para ir contigo a Espanha que é mais barato!

...” Não perca o próximo episódio, porque a Flor talvez O perca!



Mas o Alfinete de Peito, não fala apenas com um dos lados da barricada, mas com os três! Vamos agora para o lado do movimento “SIM SIM, Faz Favor!

Fundador: Zé Silva

Argumentos: Cabe-nos a nós contribuir para que os portugueses vivam de forma plena e consciente a sua sexualidade, pedra nos rins da saúde.

Temos que contribuir para que os Espanhóis não nos invadam mais, já basta a Zara e o Corte Inglês...agora meus amigos, a gasolina mais barata e os abortos mais baratos e legais é que não!

Aliás, porque segundo os senhores de bigode e pullover lacoste (leia-se fachos), não há mulheres presas em Portugal pela prática do Aborto, aposto que a amante já foi fazer uma visita a Badajoz e não foi para comprar caramelos!

A mulher decide, a sociedade respeita, o Estado garante!

Campanha:




Finalmente vamos ver o último movimento, o “Agora NÃO, muchas gracias!

Fundador: José Maria da Fonseca de Almeida Santos Von Trac

Argumentos: O Aborto só faz mal à mulher, à amante já a conversa é outra, porque também é só para dar umas voltas, visto que o Pai da minha senhora é o dono da empresa em que sou Vice-Presidente.

O Aborto quando provocado é uma chaga pessoal e social que tem que ser combatida pela promoção de uma cultura de responsabilidade e de respeito pelo valor de cada vida. Eu, por exemplo, sempre fui um grande aborto em tudo o que fiz, a minha sorte é ter casado com uma gaija rica...e quando era provocado, ficava lixado!

Como diz o meu camarada, amigo, palhaçao, João Homem das Neves “Não há abortos grátis!”...e tem toda a razão que quando a minha amiga, quer dizer, amante foi fazer um a Valladolid, tive que meter nas despesas da Empresa.

Agora o pessoal vai começar  a fazer o amor que nem coelhos, porque a pílula deixa de ser utilizada e passam a usar o aborto, que não tem receita médica! E quem perde,...pergunte-me quem perde...as farmacêuticas!!! Ou não fosse o meu sogro dono de uma!

Campanha:




Pensamento do Dia (Sábado): Vota SIM!

Pensamento do Momento (Segunda): O Sim venceu o referendo com 59,2%, visto que o resultado não é vinculativo dá ao Presidente da República o poder de promulgar ou não a futura Lei. O facto de quase 5 milhões de Eleitores não terem votado, faz-me pensar que efectivamente o Domingo é um dia de reflexão e descanso para ir à missa, ao cinema...agora exercer um DIREITO e um DEVER...nada disso!

Temos dito.
Ass: Almiscaro e Mercador.
sinto-me: Vota SIM!
música: NIN - March of The Pigs
pregado por Alfinete de Peito às 19:30

link da posta | Espeta um comentário | Junta-o aos melhores!
|
18 comentários:
De Nini a 11 de Fevereiro de 2007 às 14:14
E é assim que dum assunto muito sério que faz uma brincadeira de muito bom gosto, parabéns...
E aqui ficou mais um desabafo.....
De Alfinete de Peito a 12 de Fevereiro de 2007 às 11:20
Muito obrigado!

É pena que o referendo não seja vinculativo e que em 9 anos tenhamos evoluído tão pouco, mas mais vale isto que nada!

De odete almerinda a 12 de Fevereiro de 2007 às 11:45
e ha gente que acha que quem não foi votar estava contente com a lei...é por estas e por outras que de vez em quando, ao acordar normalmente, me ponho a pensar que votar devia ser obrigatório.aí sim, analisar as variáveis da abstenção (voto branco) seria mais fácil.
mas o sim ganhou e vamos esperar que a lei mude!
De Alfinete de Peito a 12 de Fevereiro de 2007 às 15:27
O SIM ganhou felizmente e a lei será mudada!

Apesar de a guerra não está ganha, foi apenas uma importante batalha...ainda há a da consciência e das despenalização da mulher que prática o aborto, ainda vai levar algum tempo para que as mentalidades mudem, levando progressivamente a que a taxa de abortos clandestinos dimínua!

Quanto à abstenção...o tuga não gosto muito de se cansar!
De Rafael a 12 de Fevereiro de 2007 às 15:23
és contra ou afavor? Imagine, eu podia não nascer se minha mão falasse: "vá, tira logo essa droga da minha barriga!" Sorte minha ela não pensar assim.

O Estado português está fazendo alguma campanha, colocando sua opinião ou deixa na mão do povo?

abraço.
De Alfinete de Peito a 12 de Fevereiro de 2007 às 15:30
Rafael, efectivamente não deves ser Português. Pela tua linguagem deves ser brasileiro, dizemos nós!

O Partido no Poder demonstrou ser a favor do SIM e fez campanha nesse sentido. O referendo ocorreu ontem e foi despenalizado o Aborto, com aproximadamente 60% dos votos!

Como podes ler pelo nosso artigo, somos completamente a favor!

Abraço!
De Lena a 12 de Fevereiro de 2007 às 16:19
Fiquei feliz pela vitória do sim, mas entristece-me a quantidade de pessoas que se abstiveram de votar. Parece-me que muitas delas já se esqueceram de que só há 33 anos é que somos uma democracia.....

Gostei da vossa sátira. :)

Beijinhos,

Lena
De Lena a 12 de Fevereiro de 2007 às 16:21
Ah! Só para acrescentar.... AMEI o teu novo nickname Grizo. Almiscaro fica-te a MATAR!

ahahahahhahaha

beijo a ti
De Alfinete de Peito a 12 de Fevereiro de 2007 às 23:07
Lena,

O Grizo não mudou de nick! O Almiscaro é a nova aquisição da família! Passámos a ser 4. ;)

Beijos.
De gato_escaldado a 12 de Fevereiro de 2007 às 16:28

és um empata, pá! não me digas que contas as abstenções como Nâo.

abraços
De Alfinete de Peito a 12 de Fevereiro de 2007 às 23:11
Confesso, se há coisa que somos é empatas ;). Não conto as abstenções nem como não, nem como sim, mas como NIM!

Abraços.
De Conguinho a 12 de Fevereiro de 2007 às 17:47
Entristece-me o facto de os portugueses e portuguesas darão tão pouca importância a um direito que é nosso e por que tanto lutamos. O direito a escolher-mos, o direito ao voto. A oportunidade de demonstrar-mos qual a nossa opinião. Num referendo as este facto ainda se torna mais decisivo dado que somos nos que decidimos. Só que é preferível como bem disseram fazer tudo menos votar. O que mais me entristece é sentir que o as camadas mais jovens não se importam, não querem saber. É tipo dos Portugueses... Os Outros que tomem a decisão que nós depois reclamamos.
E aqui deixo esta espetadela sem abstenção mas com direito a voto...
De Alfinete de Peito a 12 de Fevereiro de 2007 às 23:17
E que valente espetadela Conguinho!!!

Sim, efectivamente conheci muita gente das camadas jovens que não foram votar por indeferença, mas essa infelizmente é uma larga fracção da nossa juventude, estão-se lixando para tudo!

Claro, que quando algo está mal, todos sabemos reclamar...mas nem sempre nos momentos nem dá forma correcta! Mas isso dá outro post!

Abraço.
De JoanaTorrado a 12 de Fevereiro de 2007 às 19:18
Olá :)

Parabéns pelo Blog. Merece estar em destaque (aqui: http://blogs.sapo.pt/destaques.bml).

Boa continuação.
De Alfinete de Peito a 12 de Fevereiro de 2007 às 23:09
Carísssima Joana Torrado,

Muito obrigado pelo destaque!

A mudança do Blogspot para os Blogs do SAPO tem sido em todos os sentidos muito positiva!

Beijocas.
De Alfinete de Peito a 12 de Fevereiro de 2007 às 19:19
Olá Lena!

Sim, de facto é triste uma tão elevada taxa de abstenção, enfim, sempre poderás encontrar algum conforto se comparares a actual taxa com a da votação de 1998, que foi bem superior. Mesmo assim muitos são os factores que podem explicar tal posição. Mas nós votámos!

Ah, e também para acrescentar que não mudei de nick, o Almíscaro é a mais recente e fantástica "aquisição" para o blog! Estou certo de que todos os leitores vão adorar o estilo dele :)

Beijoooo
De Carlos Tavares a 13 de Fevereiro de 2007 às 10:44
Já passou...
De Alfinete de Peito a 13 de Fevereiro de 2007 às 14:02
Caro Carlos,

Eventualmente passou para quem não quer saber do assunto. Eu diria que agora é que começou!

Temos dito. Abraço.

Espeta-o

Contacta o Alfinete

Mail: blogalfinetedepeito arroba sapo ponto pt
Msg: alfinetedepeito arroba gmail ponto com
RSS: RSS do alfinete

Google Reader or Homepage
Subscribe in NewsGator Online
Add to Technorati Favorites!
Get RSS Buttons
online

tags

todas as tags

Pesquisa no Alfinete

 

Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Achtung!

Todo e qualquer conteúdo deste blog é fictício, até os seus criadores.

Descubra os Alfinetes!

GRIZO
Delírios verborreicos e silêncios criativos. Adoro ver em ângulo morto e desmontar maratonas de 500 metros. Tenho dito.

MERCADOR
O meu passatempo favorito é fazer omoletas sem ovos. Adoro e ao mesmo tempo odeio pessoas. Gosto de olhar e ver e de pôr a minhoca de molho. Tenho dito.

TOBIAS
Diagnosticado, com pensamento abstracto, possuo também inteligência, humor e acima de tudo beleza (para compensar a ausência nos restantes). Tenho dito.

Amigos do Peito

Alfinetes no Palheiro