Sexta-feira, 8 de Junho de 2007

O FILHO DO ZEZÉ CAMARINHA

Mats Soderlund Camarinha, nasceu em 1969 na Suécia, filho de um loira tesuda e de Zezé Camarinha. Mats, farto de seguir as pisadas do Pai, no papel de o gigolo do Norte (leia-se da Europa) e querendo-se desmarcar do seu progenitor, adoptou o nome de Gunther!


Veja-se as diferenças…a cara de um, o cu do outro!


Camarinha apoiou o filho desde o primeiro momento da sua carreira musical, ao ouvir o europop praticado pelo sangue do seu esperma…Zezé não foi de meias medidas e meteu o seu inglês em prática e arranjou na Praia da Rocha estas duas meninas para cantarem os coros das músicas de Gunther!

 

O filho arranjou uma forma de agradecer ao Pai…para tal compôs este IT single! Gunther afirmou que a letra é dedicado ao seu Pai, essencialmente o momento em que o Pai possuiu a meretriz da sua Mãe e colocou o seu inglês em prática nos preliminares com a magnífica tirada “Uh! Ah! You touch my tralala!”. É favor ver o maior sucesso da carreira deste gentleman:


O sucesso foi tal que até conseguiu que a Samantha Fox (que entretanto virou Lésbica para pena minha e de muita gente que se lembra da luta de melões entre ela e a italiana Sabrina) fizesse um dueto com ele no cover techno de “Touch Me



O seu álbum “Pleasureman” foi um sucesso (dedicado ao seu Pai)…neste momento já se encontra a trabalhar num novo álbum, já pode ouvir dois teasers no seu site, aqui!


Se por acaso, passar férias em Portimão, é provável que este verão, em vez, do habitual “Puta crime namber faive!” e “Why don’t you go to the beach? You’re very white!”…oiça “Uh! Ah! You touch my tralala!".


Pensamento do Dia: Não conhecia este mister, até que a minha amiga Isa deu-mo a conhecer! Provavelmente muito de vós já tinham ouvido falar…para quem não conhece, aqui fica!


Mais videoclips:

                - Christmas Song                     - Teeny Weeny String Bikini

               - Tutti Frutti Summer Love       -Touch me feat. Samantha Fox

               

Temos dito.

Ass: Mercador 

sinto-me: Sexy
música: Gunther - Ding Ding Dong
Sábado, 7 de Abril de 2007

SEX-TA FEIRA SANTA! (BOA PÁSCOA)

Zé Luís, fotografo de profissão, católico de religião...surge um trabalho de última hora, que devido à falta de massas e ao tempo de Vacas Magras não pode recusar, apesar do dito feriado que lhe estava a saber que nem ginjas!


Legenda: Zé Luís a molhar a hortaliça.

Ao chegar ao estúdio, apercebeu-se que se tratava de um catalogo de Páscoa para a cadeia de supermercados Coisa Doce. No final da sessão, teve uma tentativa de contacto com a modelo...mas hoje não podia comer carne, aproveitou para dar uma trinca na hortaliça!

Pensamento do Dia: A todos uma óptima páscoa!

Temos dito.
Ass: Almiscaro, Grizo, Mercador e Tobias.
sinto-me: Coelho
música: NIN - Me, I'm Not
tags: ,
Quinta-feira, 8 de Março de 2007

VICENTES 2007 – THE BANANA REPUBLIQUE



É novamente com muito suor, lágrimas, sexo e algumas estatuetas que temos o orgulho e o prazer de vos apresentar “The 79th Annual Academy Awards – THE VICENTES”. Após duas edições que foram um estrondo, como podem ver aqui e aqui, esta não tem qualquer comparação...é pior! Esta gala ocorreu num beco escuro, assim no estilo de uma reunião da maçonaria.

De seguida apresentamos os fabulosos vencedores desta noite de glamour...

Melhor Actor Principal – Alberto João Jardim em “O Último Rei da Madeira
Melhor Actriz Principal –  Carolina Salgado em “Memórias de uma Gueixa
Melhor Actor Secundário – Paulo Portas em “Volver”
Melhor Actriz Secundária – José Castelo Branco em “O José Veste Prada
Melhor Filme – Salazar com “The Departed – Entre Fascistas
Melhor Filme Português – “Filme da Treta”, um filme sobre o cinema que se faz neste quintal à beira-mar plantado
Melhor Guarda-Roupa“Dreamgirls”, um filmes que retrata a lingerie das meninas das capas de revista da FHM e GQ
Melhor Realizador – Alberto João Jardim em “Volver”
Melhor Documentário – “Uma Verdade Inconveniente”, um documentário que retrata a mudança de sexo da Filha do Nené
Melhor Filme Estrangeiro – Saddam Hussein em “Irocalypto”, um filme sobre a civilização iraquiana e a queda do seu líder...com umas cabeças a rolar à mistura
Melhor Direcção Artística - Carmona Rodrigues em  "O Coleccionador de Pastas", após acumular pastas como as do Urbanismo, Finanças, Aprovisionamento, Seguros, Eastpak e Colgate.
Prémio Carreira – Hitler em “O Bom Alemão
Melhor Banda Sonora - Gipsy Kings com "Já vi Jeovás" em "T de Testemunha"
Prémio Make-Up – Herman José em “A Gayinha”, apanhado descolorado na Hora G
Melhor Argumento – Manuel Pinho com  "Portugal é um país competitivo em termos de custos salariais." em “Contado Ninguém Acredita
Melhor Longa-Montagem – Elsa Raposo em “A Mãe agora não pode...”
Melhores Efeitos Especiais – “Voo 110”, um filme que retrata o número de voos da CIA nos Açores
Melhor Direcção de Fotografia – Mulher do Mantorras em “A Dália Negra”

De seguida os prémios que os media não falam, e o menino Jesus também não, pois nem ele se lembrou destes...

Melhor Filme Geek“Firewall”, um filme sobre o relacionamento de um vírus e de um trojan para lá da muralha informática
Melhor OPA – Belmiro de Azevedo em “Lavado em Lágrimas”
Melhor TraduçãoPecados íntimos (Little Children)
Melhor Aborto – “Orgulho e Preconceito”, um filme sobre a campanha eleitoral dos apoiantes do “Não” no referendo ao Aborto
Melhor Saco Azul – “Piratas de Felgueiras: O Cofre de Fátima”, um filme sobre os desvios financeiros de Fátima Felgueiras ao comando da Autarquia da cidade de seu apelido
Melhor Comédia – “O Amor Não Tira Férias”, mas mete baixa! Um filme baseado na experiência do Amor na Função Pública
Melhor Desaparecimento – Luís de Matos em “O Ilusionista
Melhor Dança – “Ritmo e Sedução”, um filme sobre Sónia Araújo no Dança Comigo
Melhor Combustível – “98 Octanas”, um filme sobre o aumento dos preços do Combustível
Melhor Guerrilha – José Eduardo dos Santos em “Diamantes de Sangue”

O grande vencedor foi sem sobra de incertezas, o Rei das Bananas, Alberto João Jardim, que levou para o Funchal dois dos mais importantes prémios da noite. Para o ano há mais!

Factos Reais:
- A primeira cerimónia de entrega dos Óscares, no ano de 1929, durou apenas 5 minutos. Nenhum dos 3 actores nomeados apareceu.
- Em 1972, Marlon Brando venceu o Óscar de Melhor Actor, por “O Padrinho”, mas foi uma mulher vestida de Índia que, em seu nome, recusou a estatueta. Disse ainda que tinha um discurso de 15 páginas para ler para explicar a recusa, mas foi impedida de o fazer.
- Em 1978, Woody Allen venceu o prémio de Melhor Realizador por “Annie Hall”. Não compareceu na cerimónia porque preferiu tocar clarinete com a sua banda. E até disse que o Óscar “não significava nada para ele”.
- O filme mais visto em Portugal em 2006 foi o “Código Da Vinci”.

Pensamento do Dia: Tinha que ser feito, é o único post que repetimos anualmente!

Temos dito.
Ass: Almiscaro, Grizo, Mercador e Tobias.
sinto-me: Vicente
música: Marilyn Manson - The Dope Show
Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2007

VENCEDORA DAS GRANDES PORTUGUESAS

A grande vencedora foi nem mais nem menos...a menina que gosta de se confessar...e de que maneira. Ei-la:

Soraia Chaves

 

Ela é a Portuguesa Mais Tesuda segundo os nossos votantes! Desde já agradeço a todos as pessoas que deixaram a sua espetadela (leia-se comentário)!


Pensamento do Dia: Com este post atingimos um número de visitas que já não atingíamos à algum tempo, ou seja, desde que mudámos da plataforma do blogspot para a do Sapo. Conseguimos comprovar novamente que nas visitas a blogs o sexo...”vende”!

Temos dito.
Ass: Mercador e Tobias

sinto-me: Padreco
música: She Wants Revenge - I Don't Want to Fall in Love
tags: ,
Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2007

AS GRANDES PORTUGUESAS

As Grandes Portuguesas é um projecto que ultrapassa largamente as fronteiras deste singelo blog. Cobrindo vários níveis de multimédia, bikinis, revistas, entretenimento, documentário, grande espectáculo e uma belas fotografias.

As candidatas a "Tuga Mais Tesuda" foram seleccionadas por um juri aleatório, que por pura coincidência, trata-se dos autores deste blog.

Este Top é feito por si. Participe. Vote em quem quiser!

Eis as nomeadas:

TOP DAS 10 TUGAS MAIS TESUDAS

Nome: Soraia Chaves
Porquê: Porque à pecados que por muito que se cumeta, levam-nos às nuvens!



Nome: Mónica Sofia
Porquê: Porque é um delirium de mulher. Com aquela lingerie era SiMel ou ComMel!



Nome: Merche Romero
Porquê: Porque merche com todos os homens, na esperança de Portugal não ser a única coisa que ela tem no coração!



Nome: Katrina
Porquê: Porque apesar de não ser tuga, tem uma grande bilha e dá-lhe gás como nenhuma outra!



Nome: Diana Chaves
Porquê: Porque como boiadora profissional nunca se a afoga! E não há morangos doces demais, só pessoas diabéticas!



Nome: Carla Matadinho
Porquê: Porque de pequenino é se torce o penino e esta senhora já torceu muitos peninos online desde cedinho!



Nome: Alexandra Lencastre
Porquê: Porque é como o vinho do porto...ou será que alguém acreditou que o vestido encolheu?



Nome: Catarina Furtado
Porquê: Porque dançávamos contigo e fazíamos uma caça ao tesouro! Beijinho Bom!


Nome
: Sara Santos
Porquê: Porque uma Miss(a) da Playboy é sempre rezada de joelhos! E como podemos ver ninguém segura as bolas como ela!



Nome: Adelaide de Sousa
Porquê: Porque que tem o Diabo no corpo!



COMO VOTAR:
Para votar basta deixar um comentário com o nome da candidata! Muito simples! Os comentários só será válidos até a madrugada de segunda para terça.

A VENCEDORA será divulgada na terça-feira!

Pensamento do Dia: Pedimos desculpa a todas as estimadas leitoras deste prezado
Blog por eventualmente este post se enquadrar com um público masculino, lesbiano ou de senhoras que têm à vontade para dizer qual das nomeadas acham que deve ganhar o título da Tuga mais tesuda! Senão não se enquadra no perfil pedimos desculpa, em breve faremos um passatempo a pensar em si!

PS: Aceitam-se sugestões para um futuro top de tesudas!

Temos dito.
Ass: Mercador e Tobias
sinto-me: Horny
música: Fiona Apple - O'Sailor
Sexta-feira, 12 de Janeiro de 2007

A RAPOSA E O CORDEIRINHO

O Ano de 2007 começa em grande com mais uma grande história no mundo da BD. Referimo-nos obviamente ao vídeo caseiro da Raposa e do seu ex-namorado, o Cordeirinho


O Alfinete de Peito visionou na íntegra o vídeo, com perto 50 minutos de duração, que se encontra na posse de desconhecidos que tentam agora tirar proveito financeiro da fita.


A fita de boa qualidade, sem quaisquer cortes ou montagens (por acaso, até tem algumas montagens do Cordeirinho na Raposa), foi feita pela Raposa e pelo Cordeirinho durante uma maluqueira nas palhotas, demonstrando que o casal, que partilhou o mesmo fardo entre Junho e Setembro passado, gostava de jogos, como a apanhada, a cabra cega, o canguru perneta, o bate pé... apimentando a sua ramboia.


O cenário eleito pelos dois foi o celeiro e o filme começa com Cordeirinho, de câmara em riste, a gravar a Raposa pelada,  deitada na cama. Sem demoras, a Raposa provoca o seu companheiro e ‘realizador’ improvisado, tocando-se em diversas partes da cauda, ao mesmo tempo que lhe pedia para fazer “o amor” e dar-lhe festinhas. “Vou-te comer!”, sussurrava.


Rendido às constantes provocações e ao corpo peludo da parceira, Cordeirinho resolve então também ele entrar em acção. Mesmo, quando enlouquecia com beijinhos no menino, o lanzudo nunca largou a câmara. Cordeirinho captou cada pormenor do corpo da companheira e observava atentamente os seus movimentos de caça ao pepino e o seu nome escrito na cauda da Raposa. Até que ela lhe pediu para ser “tosquiada”... Cordeirinho fez-lhe a vontade e os dois deixaram-se levar pelo lã.


No cume do prazer, o casal foi interrompido... Era a topeira (empregada da lavandaria) que batia...batia à porta. “Espera e enfia no buraco”, disse languidamente a Raposa, enquanto cobria o corpo despido com a lã tosquiada. Não demorou mais do que um minuto para que a voltasse para dar prazer ao então namorado, satisfazendo-o com festinhas nas orelhas, ao mesmo tempo que uivava, aumentando a excitação.


Cordeirinho mantinha-se muito calado, sem grande movimentos e completamente concentrado, não só na sua “prestação”, como na filmagem. Pouco se manifestava. Apenas se mostrou mais activo quando chegou a vez de ser ele a puxar o lustro ao pelo da raposa, que levou a mesma ao delírio. Nesse momento, passou a Raposa para realizadora da película.


Enlouquecidos de prazer, Raposa e Cordeirinho tinham-se esquecido de que não estavam sozinhos no celeiro, até ao momento em que as raposinhas bateram à porta do quarto. Novamente, a galhofa tinha sido interrompida, mas a Raposa não conseguia pensar em mais nada, ao ponto de dizer às três raposinhas: “Esperem um bocadinho. A mãezinha está a dar uma pinada com o cordeirinho”. E continuou envolvida nos lençóis, sem sequer ouvir o que as raposinhas lhe quereriam dizer.


Uma hora depois de tudo ter começado, o casal atinge o clímax. Raposa, em tom libidinoso, sussurra-lhe ao ouvido: “Adoro o cheiro da tua lã, sobretudo quando estamos três dias sem tomar banho...


O filme caseirinho só termina porque acaba a fita. Mas deu para perceber, nas últimas cenas, que a Taveirada se iria prolongar, agora já sem a excitação de ter uma objectiva a captar os dois artistas.


Desconhece-se como o vídeo chegou à mão de terceiros e quartos que agora tentam vendê-lo por cerca de 250 mil euros.


Pensamento do Dia: Isto é tudo muito bonito, mas a verdade é que é uma pequeníssima readaptação da sex tape da Elsa Raposo. Fiquei pasmado e ela de boca aberta, como podem ler aqui. É apenas mais uma mancha no currículo da Raposa, que muita tinta faz correr nos media portugueses! Que belo exemplo! Nunca compreendemos o que se passou na cabeça desta senhora após o “sex appeal”


Temos dito.
Ass: Grizo e Mercador

sinto-me: Maravilhado!
música: Blackfield - Once
Terça-feira, 20 de Setembro de 2005

O SUPER-MACHO

O Alfinete de Peito assumindo-se como uma entidade formadora de opinião que se rege pela justiça e dissecação despudorada recorrente dos factos reais, deliberou desta feita, dar ênfase aquilo que nos move enquanto blog informativo, as pessoas.

Queremos dar a conhecer a história do único herói Português digno dos livros da Marvel, falamos claro do Super-Macho. Neste sentido, fomos entrevistar um outrora jovem algarvio (chamemos-lhe “Zézé” para não revelar a sua verdadeira identidade) de Portimão e contar aqui a sua enriquecedora história de vida condensando os factos mais valorosos.

Zézé abriu-nos as portas do seu ninho de amor e revelou-nos os factos mais relevantes da sua Autobiografia “Put the Cream” a lançar num futuro distante:

Gestação – O que a minha mãe julgava serem pontapés, era na verdade o meu super-torpedo, movido a papas Cerelac.

Legenda: Zéze no momento do nascimento

1 Mês – Sugava a teta da minha mãe com uma pujança digna de um bezerro.

1 Ano – Deitei a mão ao torpedo, enquanto a minha ama mudava-me a fralda.

3 Anos – Sujei a minha roupa interior com um fluxo mucoso, esbranquiçado e espesso. Havia deixado cair pasta de dentes nas cuecas.

5 anos – O meu primeiro Cunnilingus. Ela era um mulherão muito mais velha (tinha 8 anos), transformei-lhe o suco vaginal em claras de prazer. Fiquei conhecido como a Batedeira de Portimão.

7 anos – Dei por mim a ser acordado com umas lambidelas nas partes baixas, era a Sandra, a minha cadela.

10 Anos – “Deitar tarde e cedo erguer…” era o meu lema sempre que a Vanessa, a minha Ama, me vinha acordar.

15 Anos – Entrei para a agência de modelos “MILF Hunter”. Lancei a moda do Macho Latino, quando abri os primeiros botões da camisa e saltou à vista o brilho do meu colar de ouro no meio do matagal de pelos pretos e encaracolados. Isto sucedeu-se aquando de uma campanha publicitária para os berbequins Bosch na Suécia: “Bosch é brom”.

18 Anos – Atingi a maioridade. Juntei umas amigas e fizemos um grande jantarada no Restaurante Quebra Bilhas no Campo Grande.

22 Anos – Fui para a Cambridge School para aprender inglês, mas pouco aprendi. Inglês a sério aprendi sim na Praia da Rocha (tradução simultânea: Rock me, Bitch!). Nunca me esqueci do meu primeiro diálogo na língua de Shakespeare:


Zézé: “You are very white. Put the cream. Not the one, but the six”
Camone (em inglês “come on”): “Hã? What?”
Zézé: Chupa-mos baby!

25 Anos - Pus a casa às costas e fiz-me aos carris. Percorri a Europa de lés a lés num Interrail. Fiz um filho em cada paragem (6 países), assim tenho a minha velhice assegurada, porque da forma como isto anda o turismo para a 3ª idade vai por água abaixo. Fui eu o responsável pela criação da União Europeia. Desde esse Interrail realizei mais três, em 1973, 1981, 1986 para que se realizásse o alargamento da respectiva União.

42 Anos- Fui convidado pelos apóstolos da TVI para fazer um programa sobre a minha vida, intitulado “O Super-Macho Português”. Imortalizei determinadas frases, tornando-me então o ícone sexual da juventude portuguesa. Convidaram-me até para dar a cara por acções de benificiência, como o “Pirilau Mágico 98”.


48 Anos - Fui limpar as teias à Rainha Isabel II e fazer um update ao meu inglês. Agora a frase de ordem é: “Darling, you are so brown”.

50 Anos – Faço anúncios para os gelados Olá. É caso para dizer “Thank you very nice”. Finalmente aquele curso na Cambridge School de Portimão surtiu algum efeito. Já são six o’clock, acho que vou para a explanate.

Pensamento do Dia: I’ve got the magic stick, I’m the love doctor.

Temos dito.

Ass: Grizo, Kozmix, Mercador e Mestre.
Quarta-feira, 31 de Agosto de 2005

LA PETIT MORT



O Alfinete de Peito deslocou-se no passado dia 3 de Julho à SIEL (I Salão Internacional Erótico de Lisboa) com a intenção “normalizar e dinamizar a nossa vida com os produtos da indústria do sexo”.

O certame teve tanto sucesso, que marcaram de antemão uma segunda edição para Julho de 2006. A organização esperava cerca de 20.000 pessoas, no entanto todas as expectativas de aflûencia foram superadas, sendo que a feira foi visitada por cerca de 36.000 pessoas, a maioria deles Benfiquistas, ou não fossem eles seis milhões.

Luís Filipe Vieira demonstrou sensibilidade para os interesses da nação benfiquista, pois o novo kit de sócio já incluia um bilhete para a Feira do Sexo, ajudando-o assim a atingir os tão ambicionados 300.000 sócios. Havia lá tudo para todos os gostos, visitá-mos os diferentes espaços e passamos a fazer uma pequena descrição:

Zona Fétiche – deparámo-nos com Alberto João Jardim a fazer de Mistress numa cena de Sado-Maso, em que este espancava com uma banana da Madeira o algemado Marques Mendes.

Zona Gay – Aqui encontrámos José Castelo Branco, a fazer o que sabe melhor, ou seja, imitar um leque. Contorcia-se todo e abanava-se, devia de ser do calor excessivo que se fazia sentir no recinto, o ar condicionado tinha avariado. Por lá encontravam-se mais alguns ilustres da nossa praça, como Carlos Castro, que nos confidenciou que estava lá pelo desporto e a fazer uma resportagem para a Caras, isto tudo enquanto apalpava o rabo ao fotografo.

Cinema – Mais parecia o Fantasporno, passaram por lá os conhecidos: “Garganta Funda”, “Espeta-me a tua flecha”, “Afia-me o lápis”, “Jack The Stripper”, “Eduardo Mãos de Pénis”, “Penetrador Implacável” e o “Dennis: the Penis”. Muitos líquidos foram ingeridos nesta sala, novamente o ar condicionado sem funcionar?

Hard Zone – Conhecida como “Parque de Campismo”, tal o número de tendas armadas na zona.

Palco Principal – a realeza entrou em cena…D. Duarte Piu Piu foi convidado a subir ao palco pela bela e mamalhuda Bibian Norai, ao que este respondeu “A Isabelinha não deixa”. Convidaram Stephanie do Mónaco para subir ao palco para fazer um número de circo, pois a Princesa adora cavalgar no trapézio.

Arte Erótica – Um mix de estravagância e erotismo, deixamo-vos a lista de alguns dos itens que por lá encontrámos: massajador facial com a cara de Tino de Rans, cerâmica das Caldas inspirado em Zézé Camarinha, boneca insuflável inspirado no corpinho de Odete Santos, vaselina utilizada por Taveira nos seus filmes caseiros, espartilhos de Cláudio Ramos, a chibata do Mourinho e o tarôt erótico da Maya.

Como qualquer feira que se preze contava com a animação musical a tempo inteiro de Quim Barreiros, colocando todo o público com o carro na garagem da vizinha. Também por lá havia uma área comercial, com algumas das novidades da indústria.

Na barraca do Instituto de Socorros a Naufragos (ISN), tivemos o privilégio de assistir a uma demonstração da nova técnica de salvamento sub-aquático – a milagrosa respiração boca-a-pénis, da qual capturámos o momento.

Legenda: Veja-se como já reanimou!

Outra das novidades vem da barraca da Universidade de Groningen da Holanda. Se quiser descobrir se a sua mulher, namorada ou transsexual fingem o orgasmo, nada melhor do que a estimular enquanto lhe tira um TAC. Estes estudantes concluíram que nas mulheres as partes do cerébro ligadas ao medo e às emoções são desactivadas aquando do climax, sendo que quando o orgasmo é apenas fingido estas áreas permanecem activadas.

O culminar das novidades pode ser encontrado na barraquinha da Dove – o novo sabonete líquido de Ph neutro Cum Shot. Eis o efeito:



No decorrer da feira foi elborada uma sondagem por forma a apurar o Top 10 das melhores frases porno de todos os tempos, onde se encontram clássicos de Tomás Taveira nas suas fitas caseiras, Cartman no seu papel de prostituta vietnamita num episódio de South Park e muitas horas de canal 18 e de Sexy Hot:

10 – Oh si cariño!
9 – Mete-lo, mete-lo! Quero los dos! Un en mi culo e outro en mi boca!
8 – Si a ti te gusta, a mi m’encanta.
7 – Hace-lo bien cabron.
6 – Caia-te e chupa-me el chocho!
5 – Su puta, quieres mi porra ?
4 – Aguenta e não chora.
3 – Suki Suki, ten dollar!
2 – Está todo lá, todo dentro do cu da querida.
1 – Vai à mi bacalao, para juntar las natas.

Pensamento do Dia: O sexo é bom, natural e recomenda-se. No entanto, a indústria do sexo é extremamente perigosa para a sociedade. Directa ou indirectamente desperta o interesse pela pornografia infantil, tráfico e exploração sexual de mulheres, bestialismo e sexo snuff. O aumento deste interesse tem sido directamente proporcional ao crescimento desta indústria. Será este facto uma infeliz coincidência? Por exemplo no google, a palavra chave é sexo. Quanto maior a procura, maior o número de vitimas. Dá que pensar, você pode ser o próximo. Não seja cúmplice desta realidade.

Temos dito.

Ass: Grizo, Kozmix e Mercador.
tags:
Sábado, 11 de Junho de 2005

O ANALFABETO DO GAY BICHA

O Alfinete de Peito atendeu no seu consultório, situado na Baixa de Coruche, o jovem Bernardo. Bernardo reside em Cascais, caucasiano, ruivo, olhos azuis, 1.80m, 25 anos e um andar esquisito. Este procurou a nossa ajuda por forma a esclarecer dúvidas acerca da sua sexualidade.

Para tal, o Alfinete de Peito começou por aplicar a prova do Alfabeto Sexual, que transcrevemos de seguida:

António Variações - desde sempre o meu cantor favorito.
Bichas - são os outros tesos, eu como tenho dinheiro sou Mister Gay.
Cacete – o pão no seu formato ideal.
Despe, veste, despe, veste…hábito? nada disso, desejo constante e ardente, queimo-me todinho.
Elton John – mais parece uma loja do Sun Planet que um cantor, tal é quantidade de oculos de sol.
Frágil – o local ideal para abanar a anca.
Goucha - o companheiro das minhas manhãs no “Você na Tv”.
Hemorroidas - a desculpa que dou para o meu andar novo.
Idolos - George Michael, adorava ser apanhado a trocar carícias com ele numa qualquer casa de banho de um parque público.
José Castelo Branco - fiz dele o homem que é hoje.
Linha Zero - há que manter a boa forma e nada de açúcar.
M&M - como eu adorava que houvesse orgãos sexuais que derretesem na boca e não nas mãos.
Ney Matogrosso - “sou muito homi, sou homem com O maiúsculo”.
Omossexual – nunca sei se começa ou não com H de Homem.
Pífaro - desde pequeno que o toco, e dizem que tenho talento. sempre me ensinaram que um musico que toca em muitos instrumentos é mau musico...aí não me contenho, tudo o que seja de sopro é comigo.
Queru – queijo ou desejo?
Rexona - apesar do sovaco depilado gosto sempre de tê-lo cheiroso.
Saltos Altos - sempre gostei de me sentir nas alturas, apesar de ter vertigens.
Transformismo - 3ªs e 5ªs as 23h no “despe qu’és a seguir
Urinar - só sentado, que isso de urinar em pé é coisa de homem.
Versace - nunca mais fui o mesmo desde que o Joca o matou.
Xaile – faz um sucesso com o meu top branco.
Zezão - o nome do brasileiro que me massaja das costas até às coxas.

Como é possível verificar os resultados não foram conclusivos. Por este motivo, decidimos aplicar uma outra prova, de modo a obtermos dados mais elucidativos relativamente à sexualidade de Bernardo. Esta prova permitiria que Bernardo projectasse o modo de relacionamento para com os outros, após a aplicação do teste de Rorschach (o tal das manchas), continuamos na mesma… Bernardo só via o Tinky-Winky de Tutu.

Em desespero de causa utilizámos o já famoso teste intitulado “Faz força que eu gemo” (aquele da tela branca) e eis o que Bernardo desenhou de como desejava ser:

 

 

O conjunto de resultados permitiu-nos chegar à conclusão de que Bernardo é um Gay Bicha.

Historial: Esta sessão ocorreu no ano passado. Entretanto Bernardo realizou uma viagem a Inglaterra para a mudança de sexo. Hoje em dia responde pelo nome de Nadia e ganhou a última edição do Big Brother Inglês.

Pensamento do Dia: Apesar do que escrevemos, não somos homofóbicos. Ao contrário do que muita gente retrograda pensa, a homossexualidade não é uma doença. Todas as pessoas têm o direito de ser, pensar e viver como bem querem. Todos diferentes, todos iguais.

Temos dito.

Ass: Grizo, Kozmix, Mercador.

 

 

tags:
Domingo, 3 de Abril de 2005

UM DIA NO DIÁRIO DE UMA NINFOMANIENTA

O Alfinete de Peito após vaguear muitas noites pelo Intendente (poiso do putedo), encontrou Manuela, uma ninfomanienta virgem. Passámos um dia com esta de forma a saber o que se passa na vida desta lade.

30 de Fevereiro de 2005

10 h – Levanto-me ensopada nas minhas peúgas de tanto suor, não sei se é do tempo ou se a botija de água quente está furada, mas o certo é que acordo toda molhada.

11 h – Passo pela pastelaria "De Papo Cheio" e em jeito de rapidinha meto na boca um brioche.

13.30 h – Afirmo à boca cheia, entre uma garfada e outra, que o meu prato favorito é bacalhau com grão de bico.

15 h – Dirijo-me ao Pingo Doce para comprar açucar para os meus diabetes. Aproveito para cobrir a minha dispensa. Na altura de pagar saio sempre satisfeita, é o único estabelecimento que pelo preço de uma, levo duas.

16.30 h – Passo pela pharmácia para comprar preservativos Zig Zag, esta noite penso foder a torto e a direito.

17 h – Entro no carro e ligo a telefonia. Vibro ao som de “I just can’t get enough” dos Depeche Mode.

18.30 h – Chego a casa, e entre uma e outra, faço o buço inferior. Ligo a TV com ex-acerbada sofreguidão e vejo o canal Playmobil, agarro no comando e toco-lhe euforicamente.

20.30 h – Sento-me nela (a cadeira) e janto outra pratada de bacalhau com grão de bico. Para sobremesa satisfaço a minha líbido com um pudinzinho Boca Doce.

23 h – Após mais um intenso dia de lufa-lufa, acciono o vibrador e coloco-o debaixo da minha almofada. A vibração relaxa-me e ajuda-me a adormecer.
 
 
"Bons Sonhos Manuela!"

Pensamento do dia: “Como se chama o suco vaginal de uma diabética? ...Pingo Doce.”

Temos dito.

Ass: Mercador e Grizo
tags: ,

Contacta o Alfinete

Mail: blogalfinetedepeito arroba sapo ponto pt
Msg: alfinetedepeito arroba gmail ponto com
RSS: RSS do alfinete

Google Reader or Homepage
Subscribe in NewsGator Online
Add to Technorati Favorites!
Get RSS Buttons
online

tags

todas as tags

Pesquisa no Alfinete

 

Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Achtung!

Todo e qualquer conteúdo deste blog é fictício, até os seus criadores.

Descubra os Alfinetes!

GRIZO
Delírios verborreicos e silêncios criativos. Adoro ver em ângulo morto e desmontar maratonas de 500 metros. Tenho dito.

MERCADOR
O meu passatempo favorito é fazer omoletas sem ovos. Adoro e ao mesmo tempo odeio pessoas. Gosto de olhar e ver e de pôr a minhoca de molho. Tenho dito.

TOBIAS
Diagnosticado, com pensamento abstracto, possuo também inteligência, humor e acima de tudo beleza (para compensar a ausência nos restantes). Tenho dito.

Amigos do Peito

Alfinetes no Palheiro